Notícias, precisam-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Notícias, precisam-se

Mensagem  Xo_oX em Ter Nov 03, 2009 9:49 am

Apesar de verificar que este novo fórum já teve muitas visitas e até algumas inscrições, parece-me que estão com receio de aqui escreverem. Não percebo bem porquê!
O fórum tem algumas regras que poderão ser limadas no futuro. Uma delas é que toda a gente pode ler as várias secções mas só nelas podem escrever aqueles que estiverem registados. Para que ninguém fique vedado de participar, este tópico está aberto a todos, inscritos e não inscritos.

No dia 31 de Outubro estive em Brunhoso, tal como muitos dos que se encontram fora. Além das cerimónias próprias do Dia de Todos os Santos e Fieis Defuntos, ainda tive tempo para um passeio pelos lameiros à procura de cogumelos e a fazer algumas fotografias.
Brevemente publicarei algumas no Blogue.

No topo do Fórum há botões que dão acesso instantâneo à Página de Brunhoso, e Blogue de Brunhoso.


Very Happy Laughing Laughing Very Happy
avatar
Xo_oX
Interessado
Interessado

Mensagens : 18
Data de inscrição : 25/10/2009

Ver perfil do usuário http://brunhoso.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Brunhoso no livro do Tino de Rans!

Mensagem  AntonioM em Qui Nov 26, 2009 4:47 pm

Todos se lembrarão do Tino de Rans! Sim aquele calceteiro que ficou célebre por ter sido o Presidente de Junta mais novo da altura e que colocou Rans, uma aldeia do concelho de Penafiel com cerca de 1800 eleitores, a ser falada em toda a parte. Ficou célebre aquele abraço a António Guterres, Primeiro Ministro de Portugal.
Pois o Tino de Rans também escreveu um livro. Dir-me-ão - então e depois, que que isso tem?

Quis o destino que há uns dias atrás me tivesse cruzado com o Tino no âmbito da minha ocupaçãp profissional. Como o mesmo já tinha acontecido com outros irmãos dele, retorqui-lhe:
- afinal, vocês, quantos são?
- Somos sete - respondeu
- Então ganhei, nós somos nove.

E aconversa ficou por ali. Hoje, dia 26 de Novembro, novo encontro com outro irmão do Tino, que por sinal estava com o irmão no outro dia. Conversa puxa conversa e ofereceu-me um exemplar do livro do irmão - De Palanque em Palanque.
Num intervalo dos exames, peguei no livro e comecei a ler. Prosa ligeira e viva, como o próprio Tino. Estava naquela leitura, quando na página 21 pude ler (palavras textuais):
"Fomos depois para Brunhoso, concelho de Mogadouro, e chegámos num dia de festa. Era o dia 15 de Agosto, dia de Santa Bárbara. Havia um arraial com muitos emigrantes e fazia muito calor. A banda de música percorria os lugares da freguesia, enquanto o presidente da festa anunciava ao microfone que tinham chegado os calceteiros. De imediato, o fogueteiro lançou para o ar duas dúzias de foguetes.
Pum! Pum! Pum!
Anunciou outra vez: - Chegaram os calceteiros!!!
Chorei de alegria, pois senti que éramos queridos ali e que estávamos a contribuir para a felicidade daquelas gentes.
O senhor preisente da Junta mandou um empregado chamar-nos para jantar em sua casa. era dono de uma grande quinta, a dos Acácios. Confesso que íamos com receio, pois não conhecíamos ninguém, mas também vos digo que poucas vezes na vida jantei tão bem. Na verdade, fiquei logo ali convencido das qualidades da rica cozinha transmontana. Era gente boa. Fiquei apaixonado pela sua diferença."

Bem haja Tino por, passado todo este tempo, se lembrar de nós!

António Magalhães

AntonioM
Curioso
Curioso

Mensagens : 14
Data de inscrição : 01/11/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum